segunda-feira, 23 de março de 2009

... somente sexo e amizade III


O teu braço envolvendo-me e apertando-me contra ti, as tuas mãos acariciando-me as nádegas, trouxeram-me de volta à realidade. Fui surpreendida pelo ardor que nelas sentia ao mero toque.

“- Estás bem?" – murmuraste.
- Estou… acho…

Tiraste-me a venda e olhaste-me nos olhos. Com a língua apanhaste uma lágrima que caía ainda…
“- Magoei-te?”
- Só quando me disseste para ir embora…
“- Não ía deixar que fosses…”
- Quero-te! Preciso de te sentir… preciso tanto de te sentir...
“- Estou aqui. Deita-te na cama.”

Vi no espelho do quarto as marcas vermelhas que as minhas nádegas exibiam. Não reprimi um gemido quando me sentei na cama.

Juntaste as minhas mãos por cima da cabeça e prendeste-as à cama com a fita de cetim que me pediras para trazer…

Olhei para ti com uma pergunta no olhar que não fui capaz de formular…
Deslizaste as tuas mãos pelo meu rosto, pescoço, detendo-te por momentos nos meus seios que acariciaste. O teu olhar denunciava o desejo que cada toque teu demonstrava.

Acho que isso me acalmou… deixei que continuasses sem mais perguntas…
A tua boca tomou conta da minha e beijaste-me sofregamente… aí percebi a urgência do desejo, que também tinha já tomado conta de mim.

Percorreste com a língua em movimentos circulares a auréola dos meus seios, chupando um mamilo e apertando outro com a ponta dos teus dedos.
Indescritível o prazer que me davas…

Traçando uma linha de saliva por onde passava, a tua língua chegou à minha cona… e aí se deixou ficar. Lambendo, chupando, de forma intensa e ritmada, deixando-me louca de prazer.
- Fode-me… - supliquei - quero sentir-te dentro de mim… preciso de te sentir…

Acedeste ao que te pedi. Também tu ansiavas pelo mesmo que eu.

Fizeste-o de forma quase violenta, enterrando o teu caralho na minha cona quente e tão molhada… forçando-o mais e mais até ao fundo de mim… cada vez mais depressa… tão grosso, tão duro… a tua respiração tão acelerada… o teu olhar… naquele momento só nós existíamos, só nós éramos reais… e contudo, sentia-me como se estivesse a viver um sonho… fora do tempo, fora de mim.

Sentia-me como se o meu corpo não me pertencesse, pois deixara de me obedecer, transportado a um universo, onde só o prazer era real…
Atingimos juntos o orgasmo numa explosão de sentir.

Deixaste-te ficar dentro de mim… sentia os braços dormentes da posição em que me encontrava.
- Solta-me – pedi – quero abraçar-te…
Mexendo-te devagar, soltaste o laço que prendia as minha mãos e então pude fazê-lo… envolvi-te num abraço apertado, como se te pudesse trazer todo para dentro de mim…

Dei por mim a sorrir… sentia em mim o eco de uma música antiga…
… “então tá combinado, é quase nada… é tudo somente sexo e amizade.”

Apertaste-me com mais força contra ti. As tuas mãos passeavam no meu corpo, que respondia a cada toque… ensaiando um recomeço.
“- És linda.”
E a tarde mal tinha começado…

31 comentários:

Fênix disse...

Delicioso......

E a tarde mal tinha começado, boa ;)

Mais uma vez, de prender ao ecrã esta tua escrita... Parabens!



Beijinho



Fênix

Paulo disse...

Gosto que recordes esses momentos, para que desejes criar novas memórias ;)

Rei Lagarto III disse...

Gosto de quem chama os nomes às coisas...

Bj

(Espero pela continuação)

eheh

No Devil disse...

Valeu apena esperar pela continuação :)
Deliciosa e excitante descrição, desse teu sonho ou realidade...

Beijo

A.S. disse...

Ah!... Simplesmente irresistivel!
Arrebatador!!!


Doces beijos!

Seline disse...

Obrigado Fénix
Por vezes receio tornar-me demasiado descritiva...
Beijinho para ti *

Seline disse...

Paulo, sabes que adoro recordar os nossos momentos... mas ainda mais criar novas recordações...
Beijo-te (já com saudades, acreditas?)

Seline disse...

Caro Rei Lagarto III,
Eu gosto de chamar as coisas pelo nome...
Beijo

Seline disse...

No Devil,
Este foi bem real, deliciosamente real ;)
Beijo

Seline disse...

Obrigado pelas tuas palavras A.S.
É bom saber que gostaste.
Beijo

Aqui - Ali - Acolá disse...

Seline:

É caso para te dizer!..

Ah grande mulher, os preconceitos que fiquem para aquelas que escondem a realidade, por isso te digo que te admiro muito pela forma como tu pões a limpo aquilo que sentes, e sendo assim, vai de mim para ti 5*****.

Um grande admirador teu mulher fantástica..

Bjinhos semana feliz te desejo..

A Silenciosa disse...

Fantastica tarde.....

Como te entendo :)


Beijo meu

Lucinha disse...

aiai que dizer? sem letrinhas aqui meu anjo simplesmente lindo... ofereço ainda em tempo o mimo do dia do blogueiro bem como minha amizade..Se me permite gostaria muito de voltar mais vzs. uma linda noite
beijinhos

Blue disse...

Hummmm...tão bom! ;)

kiss

Seline disse...

Aqui-Ali-Acolá,
as tuas palavras deixam-me sem outra palavra que não seja, obrigado.
Não sou mais nem menos que ninguém, apenas tento manter-me fiel a mim mesma.
Uma semana feliz para ti alma linda!
Beijo

Seline disse...

Sei que sim Silenciosa :)
Terno beijo

Seline disse...

Sê bem vinda Lucinha,
Obrigado pelas tuas palavras e pela visita ao meu cantinho.
Volta sempre que queiras, a porta está sempre aberta para os amigos :)
Beijo

Seline disse...

Blue,
Beijo para ti linda

No Angel disse...

A forma como escreves, permite-me não só imaginar, mas quase sentir cada toque... adorei.
Apenas sexo e amizade... e desejo... diria mesmo... e paixão.
Bjos, mtos

vagabundo disse...

Nossa!...
Entrei e já não queria sair.
Vou ter que te acrescentar à minha leitura.

O Profeta disse...

O silêncio da solidão mora em meus olhos
Revela-se na tristeza, retém a palavra amarga
Tem a nudez de um aguaceiro de Maio
Uma garganta presa em grades que a voz embarga

Hoje a Ilha acordou presa ao silêncio
Os pássaros voaram no chão de barro frio
Esqueceram-se de subir ao azul
Lavaram as penas nas águas de um rio


Convido-te a descansar a alma nas minhas pedras de Ouro

Boa semana


Mágico beijo

vagabundo disse...

obrigado pela visita;
mas o outro é mais...
doce.
vai lá!
espera-te.
(Koppos...)

Seline disse...

Obrigado No Angel
Ainda bem que gostaste.
Talvez haja paixão... ou talvez seja apenas a minha forma de sentir o desejo... apaixonadamente ;)
Beijo

Seline disse...

Vagabundo,
Sê bem vindo. Deixa que te diga que me adorei perder nos dois caminhos que traçaste.
Beijo

Seline disse...

Doce Profeta poeta, uma mágica semana para ti.
Beijo

P. disse...

Que texto, wow.

Parabéns !

Lucinha disse...

Miguinha voltei para ler novamente... nossa aqui sonhando, pois só posso sonhar nada mais.. aiai beijinhossssss

Seline disse...

Obrigado P,
Sê bem vinda.
Beijo

Seline disse...

Lucinha, que o sonho seja apenas o começo...
Beijinho com ternura

A disse...

como eu gostava de ter amigos assim... amigas! eu queria ter escrito amigas.

Seline disse...

Caro A,
talvez seja uma questão de sorte...
Boa sorte para ti ;)
Beijo